FINALMENTE!!!

Essa noite perderemos uma hora, mas finalmente chegou o horário de verão EBA!!!!!!! Tudo bem que pro verão falta muito chão, afinal nem primavera chegou ainda, mas só de saber que o dia dura mais, e o frio já esta indo embora, fico super feliz!

NEVASCA

Depois de bons dias quentes em São Paulo agora é hora de se acostumar com o inverno e aceitar que até abril/maio estaremos batendo os dentes.

A nevasca veio cedo esse ano, e o frio não está nada generoso, temperaturas variando entre -1º e -4º com feels like de -11º. Esse feels like é na verdade a temperatura que você sente juntando vento, humidade relativa do ar e etc… ( pelo menos eu acho que é isso). Então na verdade é como se estivesse -11 mesmo. Aí dá-lhe se encher de roupa, para enfrentar tudo isso. Quando você está dentro de casa, dá para ficar até de biquini, devido a calefação, portanto quando decidir sair, tem que vestir a roupa e sair imediatamente, senão começa a ficar com calor. Quando chega nos lugares como restaurante, cinema, casa de amigos, teatro, aí começa a tirar tudo novamente, senão pega fogo. É um tira e põe infinito.

Já estou aqui há 4 anos mas sempre me surpreende ver a neve, tenho a sensação de que nunca será uma coisa normalíssima para mim como é para os americanos. E quando algum brasileiro pergunta, não consigo explicar como é a neve, sua consistência, e também não os faço entender que não necessariamente neva no dia que está mais frio. Sempre que digo que está nevando vem a exclamação, “nossa então deve estar bem frio mesmo hein!”, aí explico que ontem sem neve estava ainda mais frio.

O primeiro dia de nevasca é lindo, fica tudo muito branquinho, liso, maravilhoso. O dia seguinte, já começa a ficar feia, misturada com a sujeira da rua, os carros passando, vira a maior lama. Comum ver vários moradores com aquela pá limpando a neve das calçadas, caminhões que fazendo a limpeza, empurrando toda a neve da rua e da calçada para um mesmo lugar, onde acumula e vira uma montanha de neve suja. Essa neve que fica no chão demora a derreter, e vai virando gelo. Quando vc não tira ela da calçada, o que também acontece muito, vira literalmente uma pista de patinação, e é bem comum ver as pessoas escorregando. Eu mesma já levei um tombo em plena Broadway X Houston, a esquina mais movimentada do Soho. O sal que é jogado nas ruas durante a nevasca ajuda que naquele local não acumule neve, mas em compensação, queima as patinhas da minha tchuchuca.Para isso existem as botinhas, mas vivem caindo, não funcionam muito bem, então às vezes desisto de colocar.

By the way, essa casa é a que aparece no filme “Melhor é Impossível” com Jack Nicholson e Helen Hunt, era a casa dela.

Update: fotos nevasca



Chegou!

Primeira neve de NY nesse inverno! Brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
Surpreendeu, pois não tinha saído no Weather.com, veio de surpresa!

Depois coloco mais fotos. Foi uma tempestade relâmpago que não durou nem 10 minutos, acho que como disse a Luciana foi mesmo para me recepcionar 🙂

Por que a diferença?

Minha mãe tb concorda comigo, 14 graus celsius aqui em NY, como está hoje, se fosse em São Paulo sentiríamos MUITO mais frio, com a mesma temperatura… Queria entender direitinho porque isso acontece.

Lá vai embora o verão…

É, realmente resolveu esfriar legal, 13º agora a noite. Da-lhe desdobrar os moletons e voltar a usar calça. Diz a previsão do tempo que semana que vem esquenta, vamos aguardar, afinal o verão começou mais tarde, nada mais justo que fique um pouco a mais.

As roupas de inverno ainda estão guardadas. Costumo tirá-las do closet no verão e colocá-las no Space Bag, um saco plástico que vc coloca as roupas, lacra e com o aspirador retira o ar, diminuindo MUITO o tamanho, podendo assim guardá-lo embaixo da cama. Arranquei todos meus casacos e blusas grossas e empacotei. É muito prático para quem precisa de espaço, problema mesmo é quando o inverno acabar e precisar colocá-los de volta.

Eu preciso urgentemente de um “engenheiro de closet”. Sou péssima nisso, minhas roupas estão sempre uma zona imensa e mesmo arrumando, dura pouco tempo organizado. Como aqui tenho um “walk-in closet” não comprei armários, aliás me recuso, preciso mesmo é aprender a fazer uma super faxina e retirar as roupas que não uso. Também preciso aprender a arrumar de alguma forma que não bagunce apenas ao tirar uma blusa ou uma calça para usar. Acabei de arrumá-lo mas daqui uma semana já estará de cabeça para baixo novamente, aí tiro uma foto para vcs verem o horror. Sempre que arrumo, tiro algumas peças mas aqui fica mais difícil, pois não tenho para quem dar, dependo de uma amiga que venha buscar as sacolas para levar pro Salvation Army para doação. No Brasil era mais fácil, sempre conhecia alguém que conhecia alguém que precisava.

Rola umas “garage sale” aqui nos EUA, que vc pega todas suas quinquilharias e bota numa mesa ou no chão forrado com alguma coisa, e coloca na frente da casa na calçada e fica o dia todo lá vendendo. A primeira vez que vi, não imaginava que dava certo, afinal o povo bota literalmente TUDO que você possa imaginar. Tênis sem cadarço, ventiladores podres da época da pedra, cremes para corpo pela metade, shampoo, enfim tudo que está ocupando espaço e atrapalhando. Algumas vezes as pessoas não tem saco para ficar o dia todo vendendo as coisas por nada, afinal os preços são bem baixos, e botam caixas em frente de casa com livros velhos e escrevem que são grátis. Esses dias mesmo botei meu aspirador de pó que fazia MUITO barulho lá fora com um bilhete “It’s working, just too noisy” e em um instante já não estava mais. Conheço pessoas que mobiliaram a casa somente coletando essas coisas que as pessoas jogam fora. Aqui você pode botar na calçada seu microondas velho, seu colchão, a cama, fogão, geladeira… O serviço de lixo recolhe essas coisas, diferentemente do Brasil, que temos que arrumar sempre algum lugar para colocar, isso quando não pagam para alguém ir lá e jogar em qualquer terreno abandonado.

Como não tenho saco para fazer essa Garage Sale, vou ficar entupida aqui, olhem meu closet no verão, agora imaginem o que me aguarda quando precisar tirar meus casacões do Space Bag e voltá-los pro cabide… Não quero nem ver.


Outono a Vista

Agora que a Fall está chegando, precisamos começar a fazer os planos novamente. Um lugar muito legal aqui em NY é a região de Catskill, aonde o ano todo você tem atividades para aproveitar. Agora no Outono é a época da Foliage, as folhas todas caem, mas antes que isso aconteça, a natureza dá um show de cores. Elas ficam laranja, amarelas, vermelhas, e o cenário fica maravilhoso. Já fui a Castskill em 2001 mas as folhas já tinham caído, então não peguei o espetáculo, portanto esse ano, como a mama vem pra cá, já estou planejando uma viagem. Para quem estiver por aqui, não perca o passeio, a melhor época são as duas primeiras semanas de outubro.
Para mais informações sobre viagens por Ny, esse site é bastante completo.


Lá vai simbora o verão…

O verão está acabando, o dia ficando com mais vento, menos abafado e semana que vem, dia 1 de setembro é o Labor Day, o dia do trabalho aqui nos EUA. É o anúncio do final do verão. Praias e piscinas fecham, os eventos de verão acabam, e começamos a liquidação jajá das roupas de outono, que entraram em pleno verão e começaremos a ver novamente casacos imensos nas vitrines, cachecol, luva… enfim, preparar psicológicamente para aquele frio tremendo.

Fazendo um balanço do que cumpri das minhas promessas de verão que fiz em junho, posso dizer que cumpri várias mas não todas.

FIZ:
Zoológico, Patinar à beira do Rio Hudson, Patinar no parque sempre que possível, Assistir aos shows do Celebrate Brooklyn (apenas 1), Andar muito de scooter, Atravessar novamente a ponte do Brooklyn, Parque Aquático.

NÃO FIZ:
Ir a praia, Piquenique no Central Park, Ir à piscina da academia tomar sol todos os sábados de manhã, Almoçar sempre em restaurantes com mesinha na calçada, Tomar muito sorvete, Tirar várias sonecas na grama no parque e acordar só quando o sol estiver indo embora, Andar no Yatch da academia , Ir ao clube de praia da academia.

Mais não fiz, do que fiz. Quem sabe ano que vem farei tudo…
Ainda dá tempo de fazer a soneca no parque e almoçar nos restaurantes 🙂

AI QUE CALOR!

Galera, alguém tem ou conhece quem tem ar condicionado portátil? Estava pensando seriamente em comprar um mas queria saber se é bom, já que me lembro ter ouvido algumas pessoas dizerem que não funciona tão bem. Não me lembro exatamente o porquê e qual era a crítica. A sala é grande, digo, é meio aberto junta com outra sala e acaba ficando um ambiente grande aberto. O que solucionaria seria um ar condicionado de BTU’s alta, mas quanto mais alta, maior ele é e aí não cabe na janela tb.
Alguma solução? Eu só achei o portátil, mas não achei nenhuma review na internet.

É, o calor chegou!


É o calor chegou “abafando” de tanto que pedimos!
Tão bom sentir esse bafo depois de tanto frio!!!
A Luana é que não está muito feliz não, como vcs podem ver na foto, é assim que ela tem ficado nos últimos dias.
Calor é uma maravilha, adoro ir ao parque, mas deveria ter algo para a gente se refrescar, como eu vi no Blog da Lilia em Hoboken. É um inferno ficar lá torrando e não ter uma aguinha pra acalmar.
Hoje vi várias pessoas já com bikini, tomando o maior sol, a pele já vermelha, afinal eles não tomam o mínimo cuidado com isso, e com uma garrafinha de água jogando no corpo. Eca isso não dá! Aqui no país do inventa-tudo, deveriam ter inventado uma duchinha portátil não?

Mas que venha o verão!!!!

Planos para o verão


– Ir a praia
– Zoológico
– Piquenique no Central Park
– Ir à piscina da academia tomar sol todos os sábados de manhã
– Patinar à beira do Rio Hudson
– Patinar no parque sempre que possível
– Assistir aos shows do Celebrate Brooklyn
– Ir maiiiiisss a praia
– Almoçar sempre em restaurantes com mesinha na calçada
– Tomar muito sorvete
– Tirar várias sonecas na grama no parque e acordar só quando o sol estiver indo embora
– Andar muito de scooter
– Atravessar novamente a ponte do Brooklyn
– Andar no Yatch da academia
– Ir ao clube de praia da academia

Será que o verão dura tempo suficiente pra fazer tudo? 🙂
Update: Ir ao Six Flags
Ir ao Parque Aquático